sábado, 2 de julho de 2011

Nota sobre a série "Nóis pega o peixe e amostra os anzól"

NOTA: 

As postagens da série "Nóis pega o peixe e amostra os anzól" têm efeito pedagógico e se posicionam contra todo e qualquer preconceito linguístico, sobretudo, contra aquele que é disseminado pela mídia letrada [?] que defende com unhas e dentes o que não consegue sustentar em poucas linhas.

Não defendemos, como muitos pensam inadvertidamente, o fim do ensino da norma dita padrão [variante privilegiada socialmente], apenas, não toleramos os arautos que discriminam [etnicamente, socialmente, culturalmente] outras formas de dizer o que nos circunda.

[Prof. Diógenes Afonso]

2 comentários:

manoel disse...

A língua falada é a que determina à escrita e não o contrário. As normas vieram depois da fala.

DiAfonso disse...

Olá, Manoel!

São níveis diferentes, mas, de certo modo, interativos. A língua escrita segue um curso um pouco diferente da língua falada, embora esta possa ser reproduzida em conformidade com o que se propõe para a língua escrita, enquanto norma.

Grande abraço e obrigado pelo comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...