domingo, 3 de agosto de 2014

Uso de "ONDE" e "AONDE"






Acesse, curta, obtenha notificações e compartilhe PORTUGUÊS PARA CONCURSOS.

Há ou A nas Referências Temporais


Acesse, curta, obtenha notificações e compartilhe PORTUGUÊS PARA CONCURSOS.

Notas Morfológicas - Conjugação do verbo "TER" e seus derivados


Acesse, curta, obtenha notificações e compartilhe PORTUGUÊS PARA CONCURSOS.

Sintaxe de Concordância Verbal - Acentuação Gráfica


Acesse, curta, obtenha notificações e compartilhe PORTUGUÊS PARA CONCURSOS.

Flexão do Substantivo


Acesse, curta, obtenha notificações e compartilhe PORTUGUÊS PARA CONCURSOS.

Pronomes Oblíquos Átonos e Complementação Verbal - 3

Os pronomes oblíquos átonos são de extrema importância na cadeia textual. Eles se portam, na arquitetura do texto, como elementos linguísticos que não só substituem termos anteriormente citados, mas também promovem a continuidade discursiva, evitando a repetição.

Sintaticamente, isto é, na organização e relações que estabelecem no texto, os pronomes oblíquos átonos funcionam, frequentemente, como complementos de verbos. Observem nas imagens apresentadas:



Acesse, curta, obtenha notificações e compartilhe PORTUGUÊS PARA CONCURSOS.

Pronomes Oblíquos Átonos e Complementação Verbal - 2

Os pronomes oblíquos átonos são de extrema importância na cadeia textual. Eles se portam, na arquitetura do texto, como elementos linguísticos que não só substituem termos anteriormente citados, mas também promovem a continuidade discursiva, evitando a repetição.

Sintaticamente, isto é, na organização e relações que estabelecem no texto, os pronomes oblíquos átonos funcionam, frequentemente, como complementos de verbos. Observem nas imagens apresentadas:



Acesse, curta, obtenha notificações e compartilhe PORTUGUÊS PARA CONCURSOS.

Pronomes Oblíquos Átonos e Complementação Verbal - 1

Os pronomes oblíquos átonos são de extrema importância na cadeia textual. Eles se portam, na arquitetura do texto, como elementos linguísticos que não só substituem termos anteriormente citados, mas também promovem a continuidade discursiva, evitando a repetição.

Sintaticamente, isto é, na organização e relações que estabelecem no texto, os pronomes oblíquos átonos funcionam, frequentemente, como complementos de verbos. Observem nas imagens apresentadas abaixo:



Acesse, curta, obtenha notificações e compartilhe PORTUGUÊS PARA CONCURSOS.

Emprego dos Pronomes Pessoais do Caso Reto "EU e "TU" diante de preposição

Segundo a norma padrão para textos formais escritos, os pronomes pessoais do caso reto EU e TU não devem vir regidos por preposição:

  1. Essas rosas são PARA EU? - perguntou, envergonhada, a moça.
  2. Farei o impossível POR TU, meu filho. - disse o pai.

Como se pode notar nessas duas construções, os pronomes EU e TU estão, respectivamente, precedidos pelas preposições PARA e POR, o que contraria a norma formal para o uso dos referidos pronomes nesse tipo de estrutura frasal. Para esses casos se usam os pronomes pessoais oblíquos tônicos MIM e TI:

  1. Essas rosas são PARA MIM? - perguntou, envergonhada, a moça.
  2. Farei o impossível POR TI, meu filho. - disse o pai.

Entretanto, os pronomes EU e TU podem vir antecedidos de preposição se estiverem na condição de sujeitos de um verbo no infinitivo em estruturas frasais como as que se podem ver na imagem abaixo.


Acesse, curta, obtenha notificações e compartilhe Português para Concursos.

Concurso: Guarda Municipal do Recife


Se você está inscrito e não fez uma boa prova objetiva de conhecimento básico [Língua Portuguesa], eis mais uma oportunidade para garantir o sucesso!

Data das provas objetivas de Conhecimento prevista para 19 de Novembro!

http://www.ipad.com.br/guardarecife2014/pdf/aviso_aos_candidatos_data_da_prova.pdf


Acesse, curta, obtenha notificações e compartilhe Português para Concursos.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...